Já é possível modificar memórias e apagar medos

brilho2

Em um experimento feito na Universidade de Amsterdã, a professora de psicologia drª. Merel Kindt encontrou uma maneira eficaz de “apagar” medos sem danificar a estrutura do cérebro.

Para entender a pesquisa primeiro precisamos entender como as memórias funcionam: Muitos neurônios estão envolvidos na formação de uma determinada memória, e o mais interessante é que uma lembrança não é como um filme para sempre gravado no cérebro, imutável. Pelo contrário: toda vez que nos lembramos de um evento, ele se torna instável e pode ser modificado.

O que normalmente acontece é que nós apenas reforçamos as ligações envolvidas nesse momento em que a memória está oscilante, deixando a lembrança e os sentimentos associados a ela mais fortes. Ou seja, a cada vez em que nos lembramos de algo, o caminho neuronal conectado àquele evento fica mais forte. E é um ciclo vicioso: quanto mais nos lembramos de alguma coisa, fica cada vez mais fácil se lembrar dela novamente.

………

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s